|

|

|

|

Por que ajudar a iniciativa

Um marco para a MBI

Cientistas, acadêmicos, pesquisadores, empresários e personalidades da mídia estiveram reunidos na última quarta-feira (10/04) na embaixada brasileira em Washington a convite da Embaixadora Maria Luíza Ribeiro Viotti com um objetivo em comum: fortalecer a luta pela cura do câncer infantil. A missão é capitaneada pelo filantropo gaúcho Fernando Goldsztein, que vem se tornando uma das maiores referências do planeta na batalha contra o meduloblastoma, o mais frequente câncer cerebral entre crianças. Considerado um marco histórico para a causa, o encontro ganhou destaque na imprensa norte-americana. 

A reunião na embaixada teve foco na Medulloblastoma Initiative (MBI), projeto criado pelo empresário em 2021 para levantar fundos para financiar pesquisas em prol de tratamentos inovadores para a doença. O sonho de Goldsztein começou quando o filho Frederico foi diagnosticado com o tumor cerebral. Hoje, a MBI mantém 13 laboratórios instalados nos Estados Unidos, Canadá e Alemanha que contam com um dream team formado por alguns dos mais renomados cientistas e oncologistas do mundo, como Eugene Hwang (Children’s National Hospital), Robert Wechsler (Columbia University), Duane Mitchell (University of Florida), Michael Taylor (Texas Children’s Hospital), Vijay Ramaswamy (SickKids), Sheila Singh (McMaster University), Tobey MacDonald (Emory University School of Medicine) e Lena M. Kutscher (Heidelberg University).

O evento desta quarta-feira teve como referência o jornalista Bret Baier, da Fox News. Baier, mediador do painel de debate, é âncora e editor executivo do “Relatório Especial”, considerado um dos cinco principais programas de notícias dos Estados Unidos e líder absoluto de audiência em seu horário.

Estiveram presentes ainda na embaixada brasileira representantes do Children’s National Hospital, um dos centros pediátricos mais conceituados do mundo e parceiro da MBI no projeto pela cura do meduloblastoma. Um dos nomes era Roger J. Packer, um dos principais especialistas em tumores cerebrais pediátricos em todo o mundo. Packer está à frente do Consórcio Cure Group 4, criado para centralizar o desenvolvimento da pesquisa e os ensaios clínicos de novas terapias e acelerar a busca pela cura. A CEO Michelle Riley-Brown também participou do painel, acompanhada por DeAnn Aston Marshall, presidente da Children’s National Hospital Foundation e Kathie Williams, integrante do conselho executivo.